Museu do Caramulo junta colecção de supercarros raros de competição

Museu do Caramulo junta colecção de supercarros raros de competição

0 1709

O Museu do Caramulo tem em exposição mais de 20 supercarros que fizeram história, ao longo de 8 décadas, desde a fórmula 1 às 24 Horas de Le Mans, numa variadíssima gama de modelos e marcas que competiram à época ao longo de 80 anos, até aos dias de hoje. O mais antigo deste lote de desportivos é o raríssimo Bugatti 35B (1930), um Fórmula 1 dos anos 30 e o modelo mais potente da Bugatti. É também o modelo que mais vitórias conquistou na história da competição automóvel (mais de 2.000).

Ferrari 195 Inter (1951)

Na exposição estão também presentes vários outros clássicos, como o Mercedes-Benz 300 SL Gullwing (1954) o Lamborghini Miura SV (1971), o mais fantástico modelo da marca, acumulando 385 cavalos de potência no seu motor. Neste grupo encontram-se ainda o Ferrari 195 Inter (1951), o mais antigo Ferrari em Portugal, o Pegaso Z-102-B (1953), um dos raros exemplos existentes que à altura custava mais que um Ferrari, o Alfa-Romeo Super-Sprint C (1955) e o desportivo português Alba, modelo único no mundo e que tantas vitórias obteve em Portugal nos anos 50.

Pegaso Z-102-B (1953)

A exposição de desportivos do Museu do Caramulo junta ainda modelos da Porsche como o 356B (1962), 911 Carrera S (1973), 930 Turbo (1977) e 928 GT (1989), assim como um De Tomaso Pantera (1972), os modelos Lancia 037 (1984) e Lancia Delta Integrale HF (1992), modelo associado a quatro títulos mundiais consecutivos de ralis, e um Ferrari 365 GTB/4 Daytona (1974), o mais potente, rápido e caro Ferrari da sua época que, entre várias competições, venceu as 24 Horas de Daytona e ficou em 2º lugar no tradicional Tour de France. Estão também em exposição modelos da Triumph e Lotus entre outras marcas, com destaque nos mais modernos para o Mercedes-Benz AMG CLK-GTR LM (1998), com 612 cavalos de potência e criado para entrar nas 24 Horas de Le Mans e o Lola B05/40 ERA Turbo (2005), com uma velocidade máxima de 310 Km/h., veterano das “Le Mans Series”.

Ferrari 365 GTB

Lamborghini Miura SV (1971)

Mercedes-Benz 300 SL Gullwing (1954)

Bugatti 35B (1930)

NO COMMENTS

Leave a Reply

*