Peugeot fixa permanentemente a denominação dos seus modelos

Peugeot fixa permanentemente a denominação dos seus modelos

0 246

A Peugeot reinventou a sua política de denominações, em torno do zero central, para corresponder às expectativas dos clientes em todos os mercados de destino, estabilizando as denominações dos modelos em « 8 » para as suas futuras renovações e, no âmbito da sua estratégia de internacionalização, escolhe para os seus novos modelos de conquista nos mercados fora da Europa Ocidental uma terminação em «1».

Foi no ano de 1929, com o 201, que a Peugeot inaugurou a denominação dos modelos com três algarismos, articulada em torno de um zero central.

O sistema de denominações utilizado pela Peugeot, ao longo da história, estrutura-se da forma seguinte:

  • o zero central corresponde à identidade da marca Peugeot,
  • o primeiro algarismo representa a dimensão do automóvel,
  • o algarismo das unidades indica a geração do veículo.

O sistema evoluiu no final dos anos 90, integrando duas letras para qualificar as silhuetas derivadas (CC e SW). Mais tarde, em 2005, enriqueceu-se com o duplo zero central, que qualifica os modelos de arquitectura elevada, como é o caso do 3008 ou do 5008.

O desenvolvimento internacional leva a marca a reinventar a sua política de denominações. A partir de agora, a denominação dos modelos Peugeot deixará de se alterar aquando da sua renovação. A estabilização das nossas denominações simplifica a leitura da gama da marca e facilita a sua instalação no mercado.
O «0» central representa o código genético da marca. Esta numeração representa a nossa história e será conservada para sublinhar a nossa notoriedade.
O primeiro algarismo, que identifica o segmento do veículo independentemente do mercado de destino, será mantido.
O algarismo final responde a novos desafios, a novas ambições. Os modelos cujo nome integra já o algarismo «8» no final, como é o caso do 308 ou do 3008, conservarão a respectiva denominação aquando da sua renovação; por outro lado, os modelos da «geração 7» serão denominados com um «8» quando forem renovados.

Além disso, uma cobertura mais ampla dos mercados fora da Europa Ocidental conduz ao lançamento de modelos de conquista nos segmentos de coração de gama e de grande volume. Estes modelos inserem-se na gama Peugeot e surgem com novas denominações, através de números terminados em «1», sendo concebidos especificamente para corresponder a novas expectativas dos clientes, estes modelos de conquista, acessíveis e valorizadores, vão completar a oferta da marca francesa de modelos terminados em «8».

NO COMMENTS

Leave a Reply

*