Ford testa tecnologias de condução inteligente e comunicação entre veículos

Ford testa tecnologias de condução inteligente e comunicação entre veículos

0 352

A Ford arrancou com vários testes em contexto real das futuras tecnologias como parte de um programa de pesquisa que visa a comunicação avançada entre veículos e entre veículos e infra-estruturas para as estradas europeias.

“As comunicações entre veículos e entre veículos e infra-estruturas representam o próximo grande avanço em termos de segurança automóvel,” disse Paul Mascarenas, responsável técnico e vice-presidente de Pesquisa e Inovação da Ford. “A Ford está empenhada em aumentar os testes em contexto real aqui e em todo o mundo com o objectivo da sua previsível implementação no futuro."

A Ford contribui com 20 veículos S-MAX especialmente equipados para uma frota de 120 veículos que será utilizada para testar 20 tecnologias experimentais de assistência ao condutor, como parte do projecto de pesquisa “Safe Intelligent Mobility – Testfield Germany”, com a duração de quatro anos. O objectivo do projecto é entender melhor o potencial da comunicação entre veículos e entre veículos e infra-estruturas para melhorar a segurança no trânsito e a mobilidade pessoal.

Os especialistas acreditam que utilizando a tecnologia de comunicações móveis para integrar os veículos entre si e com as infra-estruturas de transporte poderá tornar as estradas mais seguras e reduzir o congestionamento. Engenheiros do Centro Europeu de Investigação da Ford em Aachen, Alemanha e parceiros deste projecto de pesquisa testaram até agora as tecnologias desenvolvidas num ambiente controlado. As tecnologias serão agora testadas em vias públicas em Frankfurt e arredores, em condições reais de condução.

As tecnologias que estão a ser testadas incluem:

  • Luz de Travagem Electrónica, que transmite uma mensagem do veículo da frente para o veículo que circula atrás, se um procedimento de travagem de emergência for realizado, mesmo que o incidente ocorra fora do alcance da visão, por exemplo, numa curva na estrada; a Ford está a liderar o desenvolvimento e integração desta aplicação;
  • Sistema de Aviso de Obstáculos, que permite que um veículo informe os outros utentes da via da presença, posição e tipo de obstáculos potencialmente perigosos na estrada;
  • Assistente de Sinais de Trânsito, que mantém contacto permanente com os centros de gestão de tráfego para aceder a informação actualizada sobre alterações do limite de velocidade, restrições e desvios temporários, assim como para fornecer informações detalhadas sobre regras permanentes da rota actual e da que se aproxima, como limites de velocidade fixos e regras de prioridade;
  • Gestão de Tráfego Público, que fornece prognósticos exactos de tráfego com base em informações completas; inclui a identificação de cenários prováveis de tráfego e o seu impacto no momento da viagem em que os vão encontrar, em vez dos existentes no início da viagem;
  • Acesso à Internet ‘in-car’, que pode, por exemplo, permitir ao condutor reservar e pagar o estacionamento na sua rota.

"Os veículos vão fazer milhares de quilómetros de testes de condução e avaliações para reunir dados preciosos de pesquisa de cenários de condução do dia-à-dia ", afirmou Christian Ress, especialista técnico do Centro de Pesquisa e Engenharia Avançada da Ford.

NO COMMENTS

Leave a Reply

*