A mobilidade eléctrica vista pelas universidades

A mobilidade eléctrica vista pelas universidades

0 256

Mantendo o mote “Building the wheels of the future”, a Renault Portugal, lançou novamente o desafio às Universidades: reflectir e fazer propostas sobre a mobilidade eléctrica. E comprovando que o tema mantém toda a sua actualidade, esta 2ª edição foi, à semelhança do ano anterior, um grande sucesso. A prová-lo o número de projectos inscritos: 73. Quase 300 alunos de 26 diferentes Universidades públicas e privadas apresentaram os seus trabalhos.

No início do ano lectivo 2011-2012, a Renault lançou a 2ª edição do Concurso Universitário Renault “Bulding the Wheels of the Future” desafiando os estudantes de Licenciaturas, Mestrado e Pós-Graduação a apresentarem a sua visão estratégica sobre a mudança de paradigma que representa, para a indústria automóvel, a mobilidade eléctrica. O veículo eléctrico, não apenas como uma evolução em termos de mobilidade automóvel, mas também como uma verdadeira revolução na forma como poderá ser, no futuro, a mobilidade individual.

Com esta iniciativa, a Renault contribui para o desenvolvimento da excelência na formação académica dos estudantes, bem como criar uma forte ligação entre o mundo académico e o mundo empresarial, estimulando o desenvolvimento de ideias criativas, inovadoras e de real aplicação prática.

Nesta edição foi proposto aos estudantes universitários desenvolver os planos de comunicação, marketing e “business plan” para a divulgação do automóvel elétrico, colocando ênfase na aplicação de conhecimentos e de soluções inovadoras.

Numa primeira avaliação, dos 73 projectos apresentados, foram seleccionados os 20 melhores, que tiveram a possibilidade de, no tempo máximo de dois minutos, defender o seu trabalho para uma plateia de quase 200 pessoas, e para os membros do júri do concurso.
Destes 20 trabalhos, o júri seleccionou os seis melhores para uma apresentação mais detalhada com a duração de sete minutos, da qual saiu o trabalho vencedor.

O projecto vencedor desta 2ª edição pertence ao ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa – com o “Plano de Comunicação | Renault Z.E.”, elaborado pelos alunos Bruno Garcia, João Lamarão, Mafalda Galego, Pedro Claro e Vasco Oliveira com orientação do Professor Joaquim Vicente Rodrigues.

O resultado do esforço de quase um ano de trabalho resulta num prémio no valor de 6.000 euros, sendo que o docente que acompanhou este grupo de alunos recebeu 3.000 euros.

A Renault implementou, uma vez mais, uma iniciativa pedagógica, relacionada com a mobilidade eléctrica, matéria em que aliás pretende ter uma clara posição de liderança em Portugal. Recorde-se que a aliança Renault-Nissan investiu cerca de 4 mil milhões de euros no carro eléctrico.

Para Ricardo Oliveira, Director de Comunicação da Renault, “Os pressupostos que levaram a Renault e a Aliança Renault-Nissan a investir na mobilidade eléctrica continuam perfeitamente actuais: o custo, cada vez mais elevado, dos combustíveis fósseis, as questões ambientais cada vez mais na ordem do dia e para as quais a mobilidade eléctrica é a resposta mais efectiva, a inovação tecnológica que acontecerá nos sistema de armazenamento de energia e, claro a questão económica porque os veículos eléctricos serão cada vez mais competitivos deste ponto de vista. Por tudo isto, a aposta da Renault é para manter e a ligação aos centros de saber como as Universidades é algo que julgamos fundamental para que todos contribuam para esta mudança de paradigma”.

NO COMMENTS

Leave a Reply

*