Ford desenvolve veículo que contorna obstáculos

Ford desenvolve veículo que contorna obstáculos

0 444

ford_tecnologia_Evitar-Obstaculos

A Ford apresentou um protótipo de testes equipado com tecnologia que recorre a sistemas automáticos de direcção e travagem para evitar colisões com veículos que se encontrem parados ou que circulem a baixa velocidade na mesma faixa, para além de evitar atropelamentos a peões.

O veículo de teste, um Ford Focus equipado com a tecnologia “Evitar Obstáculos” como parte do projecto de pesquisa denominado “interactIVe” (Accident Avoidance by Active Intervention of Intelligent Vehicles), que é subsidiado por fundos europeus e liderado pela própria Ford, recorre a três radares, sensores ultra-sónicos e a câmaras que analisam a estrada até 200 metros para a frente da viatura. Se o sistema detectar um objecto estacionário ou lento, primeiramente emite um aviso, soando, em seguida, um sinal sonoro. Se o condutor não tiver qualquer tipo de reacção na direcção ou nos travões, a tecnologia “Evitar Obstáculos” aplica os travões, pesquisa potenciais locais para desvio da viatura em ambos os lados do perigo, tomando conta da direcção electrónica de modo a evitar uma colisão.

A tecnologia foi testada em velocidades de mais de 60 km/h. Dados da pesquisa revelam que menos de um terço dos condutores envolvidos em colisões traseiras reage com movimentos na direcção antes do impacto.

A Ford já introduziu tecnologias de segurança activa nos seus veículos, incluindo a Paragem Activa em Cidade, que recorre a um sensor de luz que detecta e monitoriza o tráfego na frente do veículo, verificando a estrada 50 vezes por segundo, ajudando a evitar colisões a velocidades até 15 km/h e ajudar a reduzir a gravidade dos impactos a velocidades até 30 km/h. A tecnologia Assistência à Manutenção de Faixa de Rodagem da Ford inclui uma câmara que monitoriza a posição do veículo em relação às marcas nas estradas e avisa o condutor através de vibrações no volante, alertando-o caso detecte que o veículo deriva para fora da faixa de rodagem em que circula.

NO COMMENTS

Leave a Reply

*