A Peugeot no Salão de Pequim

A Peugeot no Salão de Pequim

Num stand de 1.346 m2 que integra 16 modelos de produção e «concept cars», a Peugeot expõE a mais nova e a mais ampla gama da sua história na China: uma expressão de fascínio à francesa com o lançamento do Crossover urbano 2008, uma oferta completa de veículos com a chancela «Roland Garros», o «concept» Exalt e um exclusivo em termos de «savoir-faire» tecnológico com o Peugeot 2008 HYbrid Air.

O Salão de Pequim abre no contexto de uma conquista comercial sem precedentes para a marca francesa na China. Durante o primeiro trimestre de 2014 a marca vendeu mais de 85.000 veículos, um aumento de 18,6% comparativamente com o mesmo período de 2013, num mercado total que cresceu 13,3%, estabelecendo, assim, um novo recorde histórico de vendas na China.

Todos os mais recentes lançamentos têm sido bem sucedidos. Lançado em Janeiro de 2013 em Chengdu, o Peugeot 3008 já regista mais de 52.000 pedidos, para além dos seus objectivos originais, e o Peugeot 301 já seduziu 23.000 clientes desde o seu lançamento em Guangzhou, a 19 de Novembro último.

2008 à conquista da China
Lançado na Europa na Primavera de 2013, o crossover Peugeot 2008, teve um enorme sucesso junto dos clientes, com mais de 130.000 encomendas em menos de um ano. O seu lançamento na China, um mercado onde os pequenos SUV estão em alta, deverá permitir ao 2008 atingir, em 2015, a sua meta de vendas globais de 221.000 unidades num só ano.
O Crossover urbano da Peugeot, que se integra no segmento B+ chinês, tem como objectivo alcançar a liderança desta categoria naquele que é o seu maior mercado automóvel em termos mundiais.

Na China, o 2008 irá ajudar a marca a conquistar uma população de jovens clientes, estreantes na compra de automóvel, essencialmente masculinos, mas também femininos, com uma média de idades em redor dos 30 anos, pertencentes à nova classe média chinesa que se está em rápido desenvolvimento.

Gama Roland Garros : elegância à francesa, através de um embaixador de prestígio
Tirando partido de forte notoriedade na China do Torneio Internacional de Roland-Garros e da atmosfera chique em seu redor, a Peugeot apresenta, pelo terceiro ano consecutivo, três veículos: o 3008, 508 e 308 CC com assinatura Roland Garros.

Esta série especial muito parisiense beneficiará de um duplo impacto, não só inerente ao 30º aniversário da parceria da Peugeot com o torneio realizado na porte d’Auteuil, como da assinatura, neste início de 2014, da parceria global com Novak Djokovic, n° 2 e ícone do ténis mundial.

RCZ R : performance e eficiência com assinatura Peugeot Sport
Poucos meses depois da sua apresentação no Salão de Frankfurt, o RCZ R, versão vitaminada do coupé desportivo RCZ, emblemático do «savoir-faire» da marca em termos de design e sensações de condução, parte ao encontro do público chinês.

O novo motor de 270 cv, obtidos de uma cilindrada de 1.6 litros e com uma taxa de emissões de contida em apenas 145g/km de CO2, coloca o RCZ R num inédito registo de performance e de eficiência.

Exalt: todo o ADN da Peugeot e associação das culturas francesa e chinesa
Com inspiração directa no «concept» ONYX (na imagem), o «concept» Peugeot Exalt faz a aliança entre as diferenças para um resultado inédito. Uma diferenciação que se compõe de materiais tradicionais e tecnológicos e do «savoir-faire» inerente às culturas francesa e chinesa.

Em homenagem à arte automóvel francesa dos anos 20 e 30, a sua carroçaria de aço em bruto foi torneada à mão por um mestre artesão. Feita numa peça única, ela reinterpreta os códigos históricos em que se baseia a paixão automóvel.

O modelo apresenta uma clara divisão feita em dois tons: demarcando-se significativamente do aço em bruto, surge um material inovador, o Shark Skin, envolvendo toda a parte traseira do veículo, em vermelho, cor da felicidade na China.

O interior desta berlina de excepção, de quatro portas e quatro lugares independentes, reflecte o tradicional artesanato em madeira da China, dando-lhe toda uma nova área de expressão. Assim, foi seleccionado o ébano Macassar, pela sua área de crescimento na Ásia e pelos seus tons quentes, para cobrir a parte superior dos painéis de porta, num trabalho feito por uma dupla de artesãos chineses. A agência PINWU Design Trio concebeu um padrão em que se combina o leão com os caules e as folhas de bambu. Um mestre chinês esculpiu-o com recurso a uma técnica tradicional de impressões em tecido e em papel.
Instalado na sua «bacquet», o condutor dispõe do PEUGEOT i-Cockpit, concebido para permitir um pleno prazer de condução.

O Peugeot Exalt está dotado de uma motorização HYbrid4 plug-in, com uma potência total de 340 cv, composta por um motor THP 270 de 1.6 litros, associado a uma caixa de seis velocidades automática, e de um bloco eléctrico de 50 kW, colocado sobre o eixo traseiro, permitindo uma tracção integral 4×4.

NO COMMENTS

Leave a Reply

*