Dezembro 13, 2017
Super-Desportivos

Ferrari apresenta FXX K com 1050cv

O construtor italiano apresentou no evento Ferrari Finali Mondiali, em Abu Dhabi, o FXX K, a versão híbrida de competição do já de si impressionante LaFerrari.

Projetado a partir do LaFerrari, o FXX K deverá participar nas oito corridas que anualmente fazem parte do programa de competição Ferrari Corse Clienti, exclusiva de clientes da marca de Maranello. Sobre o seu nome, o “K” deste super-híbrido de competição refere-se ao sistema de recuperação e energia cinética KERS, desenvolvido a partir do sistema utilizado na Fórmula 1.

Sem homologação para estrada, o LaFerrari FXX K debita uns incríveis 1.050 cv, extraídos da conjugação de um V12 de 6.3 litros com 860 cv e de um motor elétrico de 190 cv, e um binário superior a 900Nm. Para alcançar estes valores, o V12 foi alterado, o sistema de escape foi modificado, tendo os silenciadores sido eliminados, enquanto o KERS foi desenvolvido especificamente para competição, possibilitando que o condutor escolha quatro modos diferentes de utilização, selecionáveis no Manettino na consola central: “Qualify”, que oferece o máximo de desempenho dentro de um número limitado de voltas, o modo “Long Run” que permite oferecer um desempenho mais consistente ao longo de um longo período de utilização, o modo “Manual” que oferece um impulso adicional sempre que o condutor desejar, e o modo “Fast Charge”, que permite carregar as baterias mais depressa.

A Ferrari não divulgou dados das performances do FXX K, mas espera-se que acelere dos 0 aos 100 km/h em menos de três segundos e ultrapasse os 350 km/h de velocidade máxima.

Ferrari-FXX-K-4

No exterior, conta com um trabalho aerodinâmico específico, sublinhado por um spoiler de duplo perfil e difusor dianteiro proeminente, 30 mm mais baixo e com um espaço ao centro. As saias laterais também foram aumentadas e a secção traseira também é mais elevada, dotada de um spoiler móvel, que ajuda à redução da força descente (50% otimizada). O resultado são 540 kg que empurram o carro para a estrada quando circula a 200 km/h. Para o melhor desempenho em pista, está ainda equipado com um pneus slicks da Pirelli com sensores medem a aceleração longitudinal, lateral e radial, temperatura e pressão. Conta ainda com um diferencial eletrónico E-Diff, controlo de tração F1-Trac, sistema Racing SSC (Side Slip Angle Control) calibrado para pneus slicks e um ABS de alto desempenho que pode ser controlado num comando de cinco posições no volante.

A Ferrari não anunciou para já valores, estimando-se que ronde os 2,5 milhões de euros (mais 1 milhão que um dos 499 LaFerrari produzidos).

Ferrari-FXX-K-2Ferrari-FXX-K-3Ferrari-FXX-K-5Ferrari-FXX-K-6

Follow Me:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *