Novo Renault Clio R.S. 220 EDC Trophy

Novo Renault Clio R.S. 220 EDC Trophy

0 2174

Há um novo Renault Clio R.S. Trophy. Com os desempenhos que lhe conferem o estatuto de referência na categoria – 235 km/h de velocidade máxima e 6,6 segundos para ir dos 0 aos 100 km/h – mas com pormenores que o tornam ainda mais sedutor: a estreia mundial do sistema de iluminação R.S. Vision, mas também novos materiais e acabamentos no interior. No fundo, 220 cavalos de emoções também sustentados pelo incontornável sistema de escape com assinatura Akrapovic, pelo “Launch Control” e pelo R.S. Monitor 2.0., um avançado sistema de telemetria invejado por muitos superdesportivos. O novo Renault Clio R.S. Trophy já chegou à Rede de Concessionários, estando disponível por 31.750€.

A SAGA CONTINUA
A lista é longa, mas está bem presente na memória de qualquer aficionado por automóveis desportivos: Dauphine Gordini, 8 Gordini, 5 Turbo, 5 GT Turbo, Clio V6, Clio Williams e as diferentes gerações do Clio R.S.. Símbolos incontornáveis do último meio século. Modelos que fizeram sonhar até o mais comum dos mortais, que proporcionaram – e ainda hoje o fazem… – emoções difíceis de traduzir em palavras. Com eles, os desportivos de eleição passaram a ser acessíveis e assumiram-se como o pesadelo de propostas com potências bastante superiores e preços incomparavelmente mais elevados.
O novo Renault Clio R.S. Trophy faz jus à tradição de sucesso da Renault no domínio dos compactos desportivos. Em relação à versão revelada em Março de 2015, a produção deixa de ser limitada, mas mantém-se a exclusividade num interminável número de detalhes.

O EXCLUSIVO R.S. VISION MARCA A IMAGEM EXTERIOR
A dianteira é disso exemplo… O novo Clio R.S. Trophy apresenta-se mais alargado, graças a um novo para-choques. Mas o que mais sobressai é o exclusivo sistema de iluminação de LED multi-refletores herdado – imagine-se! – do concept Clio R.S. 16. Batizado de R.S. Vision, tem a forma de uma bandeira de xadrez. Se o impacto visual não deixa ninguém indiferente, tanto de dia como de noite, também proporciona prestações de iluminação de elevado nível.
Uma tecnologia exclusiva que agrupa as funções de faróis de nevoeiro, faróis de iluminação do interior das curvas, bem como médios e máximos.
Na traseira, sobressai o aileron, o difusor de ar e a dupla saída de escape. Os faróis traseiros possuem a assinatura luminosa em forma de C.
Já no interior, em relação à versão de 2015, é evidente a melhoria da qualidade percecionada, não apenas ao nível dos acabamentos, mas também dos materiais utilizados. Mas é aqui também que o novo Clio R.S. Trophy não disfarça a inspiração na competição, com os pedais em alumínio, os bancos ao melhor estilo “bacquet”, o volante em couro perfurado e, claro, o sistema R.S. Monitor 2.0.

UM SISTEMA DE TELEMETRIA DE SUPERDESPORTIVO
Um sistema de telemetria exclusivo do segmento, que “envergonha” muitos superdesportivos e que permite ao “piloto” de serviço monitorizar: temperaturas, valores de binário e de potência em tempo real, pressão do turbo, pressão da travagem, ângulo do volante, regime do motor, binário à roda, acelerações, forças “G” e cronómetro. E, sublinhe-se, que todos os dados podem ser gravados numa pen, para posterior análise no computador de casa. Por exemplo, 1 hora de condução ocupa um ficheiro com apenas 3MB.
220 CAVALOS DE EMOÇÕES!
O novo Clio R.S. 220 EDC Trophy é equipado com um motor 1.6 turbo com 220 cavalos de potência e 280 Nm de binário às 2.500 rpm. Um bloco que que surge associado à caixa de velocidades de dupla embraiagem EDC. Com comandos através de patilhas no volante, a caixa confirma os progressos entretanto feitos pela Renault Sport, ao revelar-se até 30 por cento mais rápida, mas também a permitir reduzir mais cedo em situações limite de travagem. Isso é mais evidente quando se opta pelo modo Sport ou Race, sendo neste último que, verdadeiramente, o novo Clio R.S. Trophy revela o seu temperamento. Ou seja, quando os braços substituem a ajuda eletrónica do ESP e tudo se torna mais reativo, para deleite de quem está ao volante.

“LAUNCH CONTROL” PARA AS EMOÇÕES DE UMA GRELHA DE PARTIDA
E por falar em deleite…O “Launch Control” é outro catalisador de emoções. Um equipamento único no segmento, que permite viver as sensações de estar numa grelha de partida. Para o ativar, só é necessário pressionar o botão R.S. Drive, colocar o pé esquerdo no pedal de travão em alumínio e manter as mãos a pressionar as patilhas junto ao volante. Depois é só acelerar a fundo, tirar o pé do travão e arrancar que nem um foguete.
O sistema de telemetria vai confirmar que é possível cumprir dos 0 aos 100 km/h em escassos 6,6 segundos, os primeiros mil metros em apenas 26,4 segundos, mas também as forças “G” a que os felizes ocupantes do novo Clio R.S. Trophy foram submetidos.
Sublinhe-se que graças ao sistema Stop & Start, o novo Renault Clio reivindica consumos a partir dos 5,9l/100km em ciclo misto.

DINÂMICA DE EXCEÇAO
Mas como o Clio R.S. Trophy não foi feito para estabelecer recordes de consumo, é na estrada ou na pista que sobressaem as suas excecionais qualidades dinâmicas. A rapidez e eficácia com que “devora” o asfalto chegam a ser estonteantes. A direção bastante precisa e direta, enquanto o chassis Cup confirma a validade das soluções de suspensão herdadas dos programas de competição da Renault. Determinantes para isso também são os pneus Michelin Pilot Super Sport 205/40R18, montados em jantes de 18 polegadas com desenho específico.
O Clio R.S. Trophy pode ser adquirido por 31.750€ (mais 1.800€ que o Clio R.S. 200 EDC), beneficiando da garantia contratual de cinco anos / 100.000 km transversal a toda a gama da marca.

NO COMMENTS

Leave a Reply

*