Timber by EMSIEN-3 LTD
Tags Posts tagged with "BMW"

BMW

A BMW vai apresentar no Salão Automóvel de Frankfurt, o primeiro Série 3 híbrido de ligar à tomada.

Chama-se 330e plug-in hybrid e está equipado com um motor 2.0 litros a gasolina com 184 cv, associado a um bloco elétrico com 88 cv, colocado no eixo traseiro. A potência total combinada deste conjunto híbrido é de 252 cv e 420 Nm de binário, garantindo à berlina alemã uma aceleração de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos, e uma velocidade máxima de 225 km/h. O consumo anunciado oscila entre 1,9 e 2,1 l/100 km e as emissões de CO2 entre 44 e 49 g/km, dependendo da transmissão usada.

Em modo totalmente elétrico, o 330e pode atingir 120 km/h de velocidade máxima, e tem autonomia até 40 km. Ao todo, combinando o depósito de combustível e uma carga de energia, tem autonomia para até 600 km.

bmw-serie-3_330e-plug-in-hybrid-2bmw-serie-3_330e-plug-in-hybrid-3bmw-serie-3_330e-plug-in-hybrid-4bmw-serie-3_330e-plug-in-hybrid-5bmw-serie-3_330e-plug-in-hybrid-6

A BMW apresentou em Pebble Beach, na Califórnia, o M4 GTS, protótipo que antecipa o mais explosivo M4.

O M4 GTS conta com várias alterações mecânicas, nomeadamente um sistema de injeção a água, já visto no M4 MotoGP Safety-Car, que “alimenta” o motor 3.0 litros biturbo de seis cilindros, utilizado no M4 “convencional” que viu a sua potência subir graças à diminuição da temperatura de compressão na câmara de combustão, bem como da maior pressão do turbo e momento de injeção mais rápido.

Esteticamente, o desportivo alemão destaca-se pela pintura Cinza Metalizado Frozen Dark com detalhes em laranja Acid, pelos elementos em fibra de carbono, entradas de ar maiores, lábio dianteiro (ajustável) e asa traseira em fibra de carbono, faróis traseiros em LED orgânicos (OLED) e jantes de 19 polegadas à frente e de 20 atrás.

bmw-concept-m4-gts-2bmw-concept-m4-gts-3bmw-concept-m4-gts-4

0 1143

A BMW está a ponderar avançar com uma versão híbrida plug-in na segunda geração do X1, que estará à venda no próximo mês de Outubro.

Fonte próxima da equipa responsável pelo desenvolvimento de motores para este modelo revelou, que a possibilidade de avançar com um X1 híbrido está a ser considerada pela BMW, podendo esta versão ser mesmo lançada, caso exista interesse suficiente por parte dos clientes.

Desenvolvido com base na plataforma de tração dianteira (UKL), o novo BMW X1 pode receber um sistema propulsor híbrido plug-in, algo que foi demonstrado no protótipo que deu origem ao Série 2 Active Tourer, modelo que deverá avançar em primeiro lugar com uma versão híbrida.

Caso avance para produção, o X1 híbrido deverá ser lançado no primeiro semestre de 2016, esperando-se que associe um motor térmico 1.5 turbo de três cilindros a gasolina com 136 cavalos de potência, no eixo dianteiro, a um bloco elétrico com 88 cavalos, no eixo traseiro, dotando assim o SUV de tração integral. A bateria deverá ser de iões de lítio com 5.8kWh. Os consumos deverão rondar os 2,0 l/100 km e as emissões de CO2 a cair abaixo dos 50 g/km.

0 12769

Em Nurburgring toda a gente pode correr com a sua viatura particular, existem muito bons amadores que por lá passam, outros nem por isso!

0 1185

A BMW vai reforçar a partir deste Verão, os argumentos da versão 225d, com a introdução de um novo motor 2.0 TwinPower Turbo (dupla sobrealimentação) de quatro cilindros, com 224 cv e 450 Nm de binário, mais 6 cv que o anterior, de 218 cv. O valor do binário manter-se-á mas com um regime máximo disponível entre as 1500 e as 3000 rpm em vez de das 1500 e 2500 rpm.

Acoplado a uma caixa automática da ZF de oito velocidades Steptronic, o mais potente dos Série 2 Coupé a diesel manterá a capacidade de aceleração – 0 a 100 km/h em 6,3 segundos, mas terá um consumo médio abaixo dos 4,5 l/100 km.

0 1129
Novo BMW Série 2 Cabrio chega no fim do mês

O novo BMW Série 2 Cabrio chega ao mercado português no próximo dia 28 de Fevereiro.

Os preços começam nos 47.000, valor correspondente à única versão Diesel que estará disponível na altura do lançamento, o 220d com 190 cavalos de potência. As versões a gasolina começam no 220i com 184 cavalos, comercializado a partir de 47.900 euros, enquanto a opção intermédia, o 228i, com 245 cavalos, estará disponível por 54.900 euros. No topo da gama do BMW Série 2 Cabrio estará o M235i, com 326 cavalos de potência, que será vendido por 66.500 euros.

bmw-serie-2-cabrio-2bmw-serie-2-cabrio-3bmw-serie-2-cabrio-4bmw-serie-2-cabrio-5bmw-serie-2-cabrio-6bmw-serie-2-cabrio-7bmw-serie-2-cabrio-8

O novo BMW Série 7 foi “apanhado” sem qualquer tipo de camuflagem. As imagens foram divulgadas pelo «Autobuzz».

À primeira vista, apesar do topo de gama alemão assentar numa nova plataforma, as diferenças parecem ser subtis, sendo possível observar uma grelha dianteira mais proeminente, ladeada por óticas BMW Laserlight mais compactos. De resto, pode ver-se ainda uma seção inferior que faz lembrar o Série 6, enquanto na traseira, salta à vista o friso cromado que liga as óticas e para-choques com um escape duplo cromado de formato retangular.

No que toca às motorizações sabe-se que o novo BMW Série 7 deverá contar com motores de 4, 6, 8 e 12 cilindros, além de versões híbridas de ligar à tomada. A gama deverá arrancar com o 730i, equipado com uma nova opção de motor 2.0 de quatro cilindros, com 260 cavalos, seguido do 740i, animado por um seis cilindros de 330 cavalos, e o 750i, com um bloco de oito cilindros de 460 cavalos. No topo da gama estará o 760i, com um V12 6.6 litros, que poderá debitar até 600 cavalos.

Sobre as opções Diesel, há apenas informação do 730d com 272 cavalos de potência, embora estejam também previstas as versões 740d e 750d. Adicionalmente, são esperadas duas versões híbridas plug-in: a 730e, com uma potência a rondar os 275 cavalos, e o 740e que se estima que possa atingir os 400 cavalos. Estas versões híbridas deverão surgir acopladas a uma caixa automática de nove velocidades, contando com tracção integral xDrive e autonomia para 60 e 100 km em modo totalmente elétrico, respetivamente.

O novo BMW Série 7 deverá estrear ao público no próximo mês de Setembro, no Salão Automóvel de Frankfurt, ao passo que a comercialização do modelo deverá arrancar no início de 2016.

bmw-serie-7_2bmw-serie-7_3bmw-serie-7_4bmw-serie-7_5bmw-serie-7_6

0 957

Especializada em tecnologias multimédia para automóveis, a subsidiária da Bosch em Braga, vai produzir um novo Head-Up Display (HUD) desenvolvido pela marca alemã, que o Grupo BMW escolheu já para instalar numa grande variedade de modelos.

O novo Head-up Display, produzido em Braga, pode ser totalmente integrado no painel de instrumentos, mostrando informações importantes através de uma imagem projetada para que o condutor não tenha de desviar a atenção da estrada. A tela de plástico é impulsionada por um motor elétrico de velocidade variável para a fazer sair, se necessário, para fora da caixa. Quando o sistema é desligado, o ecrã recolhe totalmente à caixa.

O novo sistema compreende uma unidade de imagem e uma unidade de exibição. A unidade de imagem está equipada com uma tela de cristal líquido colorida (LCD) com uma resolução de 480×240 pixels. Semelhante a um slide de fotografia, é iluminada por um único díodo emissor de luz com alta intensidade. Os sinais de luzes passam através de espelhos para a unidade de exibição, cuja componente principal é a tela. Isso projeta a imagem na chamada “caixa de olho”, a região onde os olhos do condutor estão situados.

A imagem que criam é combinada com o cenário fora do veículo, de tal forma que faz com que pareça uma fusão de ambas a uma distância de cerca de dois metros em frente ao veículo. O sistema não projeta a imagem no para-brisa mas numa pequena tela especial de plástico colocada antes dele. As informações exibidas são invisíveis para o passageiro da frente.

ARTIGOS ALEATORIOS

0 353
A Renault associou-se à Qualcomm Technologies e à Vedecom num projeto de carregamento dinâmico de veículos elétricos, que permite carregar 20 kW a uma...