Timber by EMSIEN-3 LTD
Tags Posts tagged with "Honda"

Honda

0 775

A Honda apresentou o novo crossover HR-V, depois de uma década de ausência do mercado.

O modelo com 4,3 metros de comprimento, possui uma bagageira com uma capacidade de 453 litros, e estará disponível com dois motores, um a gasolina e um Diesel. O motor a gasolina 1.5 i-VTEC debita 130 cv, enquanto o Diesel é o já conhecido 1.6 i-DTEC, o mesmo do Civic, com 120cv, ambos associados a uma caixa manual de seis velocidades ou a uma caixa semi-automática CVT.

No mercado português, a nova geração do Honda HR-V estará disponível em três níveis de equipamento: Comfort, Elegance e Executive. Os preços arrancam nos 23.000 euros para a motorização a gasolina e nos 26.000 euros para o Diesel.

As primeiras entregas estão agendadas para Setembro.

Honda-HR-V_2Honda-HR-V_3Honda-HR-V_4Honda-HR-V_5Honda-HR-V_6Honda-HR-V_7
Honda-HR-V_8
Honda-HR-V_9
Honda-HR-V_10

0 752

Com o objetivo de demonstrar as capacidades do bloco 1.6 i-DTEC, a Honda vai tentar obter um novo título do Guiness World Records em termos de consumos e eficiência através de uma jornada de mais de 13.000 km que percorrerá 24 países da União Europeia.

Dois membros da equipa de Investigação e Desenvolvimento da Honda na Europa (Fergal McGrath e Julian Warren) arrancaram hoje de Aalst, na Bélgica, a bordo de um Civic Tourer e irão ligar os 24 países do espaço continental que fazem parte da União Europeia, entre os quais Portugal, regressando à base daqui a 25 dias, com os menores consumos possíveis de combustível, de forma a colocar o motor 1.6 i-DTEC no Guiness World Records. Para que este registo seja homologado, os dois condutores, Fergal McGrath e Julian Warren, têm de permanecer sempre a bordo do automóvel durante o percurso, cumprindo em média 592 quilómetros por dia, num total de 7,5 horas de condução diária.

“Esperamos conseguir estabelecer o recorde e estamos entusiasmados e um pouco nervosos com este desafio que nos espera. O planeamento para este evento foi enorme e esperamos obter um resultado positivo no dia 25 de Junho, quando regressarmos a Bruxelas. Mas, primeiro, ainda faltam mais de 170 horas de condução”, afirmou Fergal McGrath.

O título oficial do Guinness World Records pretendido é o de "Consumo de Combustível Mais Reduzido – em 24 países contínuos da UE", medidos em litros por 100 quilómetros e em milhas por galão, calculados ao longo de toda a jornada. Com base em regras rigorosas e exigentes, esta tentativa de recorde exige que o carro entre nos 24 países especificados, a recolha de uma série de provas, incluindo registos de consumos e quilometragens, leituras de GPS, vídeos, fotografias e assinaturas de testemunhas independentes que comprovam que tudo foi realmente feito.

honda-civic-tourer_guiness-record-2

A viatura que tenta estabelecer o recorde é um modelo standard, em todos os aspetos, sem nenhuma modificação que lhe possa dar alguma vantagem. Este evento vai ser analisado e avaliado, por testemunhas independentes, no início e no fim de cada tentativa de estabelecer o recorde. O veículo só viajará por estrada, pelo que o percurso não incluirá o Reino Unido, Irlanda, Chipre e Malta, que completam o leque de países da UE. Para garantir vantagens injustas pela redução do peso, o depósito de combustível do carro será sempre atestado a cada paragem para reabastecimento.

“Desde o seu lançamento, em 2013, temos testemunhado que o motor 1.6 i-DTEC ultrapassa de forma consistente a eficiência em condições reais dos modelos Civic, Civic Tourer e CR-V e esta é a nossa oportunidade de realizar um teste derradeiro em grande escala. Estamos muito confiantes de que obteremos um excelente resultado e desejamos à dupla de condutores toda a sorte neste desafio”, comentou Kate Saxton, Manager – Relações Públicas da Honda Motor Europe.

0 747
Honda Civic Type R

O novo Honda Civic Type R chega ao mercado nacional no próximo Verão, com um preço a partir dos 39.400 euros.

A nova geração do desportivo nipónico de cinco portas terá apenas a opção de cinco cores distintas: Branco Championship, Preto Crystal (pérola), Metal Polido (metalizado), Azul Brilhante Sporty (metalizado) e Vermelho Milano, para além de um Pack GT, disponível por mais 2.500 euros.

Este Pack, acrescenta aplicações vermelhas de assinatura “Type R” nos difusores dianteiro e traseiro, sensores dianteiros e traseiros de ajuda ao estacionamento, faróis com comando automático em função da luminosidade, limpa-vidros com função de deteção de chuva e espelhos retrovisores exteriores com rebatimento elétrico. Os equipamentos tecnológicos como o Avisador de Colisão à Frente, Avisador de Saída de Faixa, Sistema de Reconhecimento de Sinalização de Trânsito, Sistema de Suporte dos Máximos, Informação de Ângulo Morto e Monitor de Trânsito Lateral, completam o conjunto.

O novo Civic Type R, está equipado com um motor a gasolina 2.0 VTEC Turbo com 310 cv e 400 Nm de binário máximo, associado a uma caixa manual de seis velocidades, conseguindo acelerar de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e alcançar 270 km/h de velocidade máxima.

honda-civic_type_r_2honda-civic_type_r_3honda-civic_type_r_4honda-civic_type_r_5

A Honda apanhou de surpresa tudo e todos, ao revelar no Salão Automóvel de Nova Iorque o novo Civic Concept , um protótipo de visual agressivo e muito desportivo, que mostra a direção de estilo para a nova geração da gama Civic que será comercializada nos Estados Unidos da América, e que, naturalmente, também chegará ao mercado europeu.

A produção da versão de cinco portas do modelo será produzida em Swindon (Inglaterra), para posterior exportação para os EUA. Com o objetivo de marcar uma imagem desportiva, e a convidar a uma condução divertida, a nova gama Civic para o mercado americano incluirá versões Sedan, Coupé e Si, bem como uma versão de cinco portas. Para além destas versões, está também prevista uma versão Type R para o mercado americano.

De acordo com o construtor japonês, a 10ª geração do Honda Civic representará também os primeiros modelos no continente americano equipados com motores VTEC Turbo da Série «Earth Dreams Technology».

honda-civic-concept-2honda-civic-concept-3honda-civic-concept-4honda-civic-concept-5honda-civic-concept-6

A Honda promoveu a apresentação do novo Civic Type R no Salão Automóvel de Genebra, a decorrer na Suíça , anunciando ter completado uma volta no emblemático circuito de Nürburgring, com 20,8 km, em 7 minutos e 50,63 segundos com uma versão de desenvolvimento do desportivo nipónico, equipada com um motor de afinações standard e suspensões, transmissão, escape, travões e aerodinâmica da carroçaria idênticos aos que agora equipam o Civic Type R de produção. Esta marca foi alcançada durante a fase final dos testes de pré-produção realizados em Maio do ano passado, e é uma novidade no sector de veículos hatchback e tracção dianteira.

Durante o ciclo de testes, o carro estava equipado com jantes de liga leve de 19 polegadas, já com especificação de produção, "calçadas" com pneus de estrada (e não de competição) com as dimensões 235/35R19.

Este ano, a Honda vai regressar ao circuito germânico, com um Civic Type-R de produção, totalmente standard, com o objectivo de estabelecer um novo recorde por volta para um veículo de produção de tracção dianteira.

O novo Civic Type R está equipado com um motor a gasolina, 2.0 VTEC Turbo, capaz debitar 310 cv e 400 Nm de binário máximo, associado a uma caixa manual de seis velocidades, conseguindo acelerar de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e alcançar 270 km/h de velocidade máxima.

A comercialização do desportivo nipónico no mercado europeu arranca no próximo Verão.

Veja o vídeo:

Galeria de fotos Honda Civic Type-R: Salão de Genebra 2015

honda_civic_type-r_2honda_civic_type-r_3honda_civic_type-r_4honda_civic_type-r_5honda_civic_type-r_6honda_civic_type-r_7honda_civic_type-r_8honda_civic_type-r_9

A Honda vai apresentar já amanhã, no Salão Automóvel de Genebra , na Suíça, a versão de produção do novo Jazz.

O Honda Jazz, agora na terceira geração, chega ao mercado nacional no Verão, com revisões profundas nas suspensões, nos comandos, na insonorização e também ao nível do chassis, mais rígido, mais leve e permitiu ao modelo nipónico ganhar 95mm de comprimento e 30 mm entre eixos, resultando numa maior habitabilidade interior e num aumento da capacidade da bagageira.

Esteticamente, esta nova versão continuar a apresentar o perfil clássico e reconhecido do Jazz, embora agora com um estilo mais atual. O interior espaçoso e versátil, conta com o sistema de Bancos Mágicos Versáteis da Honda, que permite diferentes configurações dos assentos para o transporte de carga e passageiros. Destaque ainda para o ecrã tátil de sete polegadas que serve como ponto de interface para o novo sistema de informação e entretenimento Honda Connect.

Na fase de lançamento, o Honda Jazz estará disponível com o com o novo e eficiente motor 1.3 i-VTEC, a gasolina, de 102 cavalos, acoplado a uma caixa manual de seis velocidades (automática CVT em opção). 

honda-jazz_2honda-jazz_3

0 877

A McLaren revelou o MP4-30, o novo monolugar que vai utilizar na temporada de 2015 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, e que marca o regresso da Honda a uma parceria que fez história na Fórmula 1 durante os anos 80 com múltiplos títulos mundiais de pilotos e construtores.

O novo monolugar da McLaren apresenta um novo esquema de cores, uma mistura de prateado com vermelho e preto. Comparativamente ao antecessor, seu design é mais consensual, o bico do monolugar é mais baixo e as linhas mais sofisticadas, talvez graças ao contributo do novo Designer Chefe, Peter Prodromou, que trocou a Red Bull pela McLaren.

Fernando Alonso e Jenson Button são os pilotos oficiais da escuderia britânica, aos comandos do primeiro McLaren-Honda nos últimos 23 anos. Para o alimentar encontra-se o novo motor Honda RA615H que com os seus 1.6 litros, turbocompressor de alto desempenho, injeção direta e uma rotação máxima de 15.000 rpm.

O novo monolugar entra em acção já amanhã no Circuito de Jerez de la Frontera, em Espanha, na primeira bateria de testes de pré-temporada do Campeonato do Mundo de Fórmula 1.

A Honda apresentou no Salão de Detroit, a segunda geração do superdesportivo Acura NSX.

25 anos depois, e ao contrário do modelo original, que contava com um V6 atmosférico, o novo NSX cede à evolução dos tempos e apresenta-se com um sistema híbrido, que conta com um motor V6 biturbo de montagem longitudinal, complementado por três motores elétricos, dois na parte dianteira, responsáveis pela tração desse eixo, enquanto o terceiro fica na parte traseira, montado entre o propulsor e a nova caixa de dupla embraiagem DCT de nove velocidades. A potência final do NSX ainda não foi divulgada pela Honda, mas garante mais de 550 cavalos e uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de 4 segundos.

Inteiramente em alumínio e com piso em fibra de carbono, este supercarro tem 4470 mm de comprimento, 1940 mm de largura, 1215 mm de altura e uma distância entre eixos de 2630 mm. Possui jantes de 19 polegadas à frente e de 20 polegadas atrás, travões com pinças de seis êmbolos à frente e de quatro atrás, com discos carbocerâmicos. As suspensões independentes são em alumínio.

O Sistema Integrado de Dinâmica oferece ao condutor os modos de condução: Quiet (Calmo), Sport (Desportivo), Sport+ (Desportivo+) e Track (Pista), que alteram diversos parâmetros do carro: resposta do motor de combustão e dos motores elétricos, da transmissão, a sonoridade do motor de combustão, entre outros. Não falta ainda uma função de “launch” (um modo de arranque).

O novo NSX será fabricado exclusivamente na unidade da Acura em Ohio, EUA e de lá será exportado para o mundo. As primeiras unidades deverão chegar aos mercados já no Verão, com um preço que deverá rondar os 150 mil euros.

honda-acura-nsx-detroit-2honda-acura-nsx-detroit-3honda-acura-nsx-detroit-4honda-acura-nsx-detroit-5honda-acura-nsx-detroit-6honda-acura-nsx-detroit-7honda-acura-nsx-detroit-8honda-acura-nsx-detroit-9

ARTIGOS ALEATORIOS

0 353
A Renault associou-se à Qualcomm Technologies e à Vedecom num projeto de carregamento dinâmico de veículos elétricos, que permite carregar 20 kW a uma...