Timber by EMSIEN-3 LTD
Tags Posts tagged with "SUV"

SUV

0 2297

O Novo KOLEOS é um autêntico SUV do segmento D:
• Um design musculado,
• Uma incomparável tecnologia de quatro rodas motrizes,
• Aptidão em todos os pisos, graças a uma distância ao solo de 213 mm,

A que se junta toda a competência da Renault:
• Um interior requintado e confortável,
• Uma habitabilidade recorde na categoria, com 289 mm de raio ao nível dos joelhos nos lugares traseiros,
• Prestações comuns aos topo de gama Renault, como o tablet multimédia R-LINK 2.

Com estes trunfos, o Novo KOLEOS posiciona-se como uma referência da categoria em termos de conforto e requinte. Com o seu estilo marcante, inspirado no Talisman, completa a oferta topo de gama da Renault, que passa a incluir um crossover (Espace), uma berlina (Talisman e a sua versão Sport Tourer) e um SUV (Novo KOLEOS).

Pensado e criado para responder às expetativas dos clientes nos cinco continentes, o Novo KOLEOS tem ambições mundiais: será comercializado, a partir do verão de 2016, na Austrália, na Turquia, nos países do Golfo, em alguns países da América Latina, na China (em finais de 2016), mas também na Rússia e, na Europa, no início de 2017. Para a Renault, o Novo KOLEOS é um modelo de conquista, com a imagem ideal para os mercados em que o segmento dos SUV está em pleno crescimento.

01
Todo o ADN da Renault num SUV com um estilo robusto
O design e as qualidades de um autêntico SUV
O Novo KOLEOS ostenta, orgulhosamente, o novo estilo Renault

02
Espaçoso, acolhedor e requintado, o Novo KOLEOS oferece o conforto e as prestações de uma berlina
Uma habitabilidade recorde, para um extremo conforto em todas as circunstâncias
O Novo KOLEOS cuida dos seus passageiros

03
Um SUV com ambições mundiais
Uma estratégia mundial que beneficia da Aliança Renault-Nissan
Um automóvel de conquista

 

MEDIA SELECTION - ON LOCATION - MOVING

19-INCH PROTEUS WHEEL TRIMS

IN LOCATION - STATIONARY SHOT

DASHBOARD - BROWN LEATHER TRIM

Primeiro SUV da Casa do Tridente protagoniza a sua muito aguardada ante-estreia mundial no próximo Salão Internacional do Automóvel de Genebra.

Modena, 19 de Fevereiro de 2016 – A Maserati revela em ante-estreia a aparência exterior do Levante, o primeiro SUV em mais de cem anos de história da Casa do Tridente: o novo modelo completa a sua atual gama de berlinas e desportivos, ampliando a oferta da marca em conjunto com o Quattroporte, o Ghibli, o GranTurismo e o GranCabrio.

O design do Levante é de imediato identificável como uma criação da marca Maserati, e o seu inequívoco caráter italiano: a secção dianteira agressiva introduz novos faróis de formato afilado, compostos por dois elementos, com o grupo ótico superior ligado à grelha frontal. A assinatura visual da Maserati está também bem visível na lateral: três emblemáticas entradas de ar nos guarda-lamas dianteiros, pilar C trapezoidal com o logo “Saetta” e amplas janelas das portas desprovidas de moldura. A traseira é dominada pelo óculo traseiro de acentuada inclinação e formas dinâmicas, elementos típicos dos automóveis desportivos de altas prestações.

No plano técnico, o chassi do Levante foi concebido para conjugar um excecional desempenho em asfalto, caraterístico de todos os Maserati, com uma dinâmica sem rival mesmo sobre superfícies de baixa aderência, e com extraordinários níveis de prestações, eficácia e conforto no fora de estrada. Trunfo impressionante do novo SUV da Maserati diz respeito ao elementos oferecidos de série em todas as suas versões: sofisticadas suspensões eletrónicas de amortecimento pilotado com molas pneumáticas ajustáveis em diferentes níveis; sistema de tração integral inteligente Q4; e caixa automática de 8 velocidades especificamente desenvolvida e calibrada para o novo SUV do Tridente.

Em termos de motorizações, o Levante é animado por motores a gasolina e Diesel, todos respeitando já a norma Euro6.

O Maserati Levante é produzido na fábrica de Mirafiori, em Turim; as primeiras unidades sairam já da linha de montagem e o lançamento comercial no mercado está agendado para a próxima Primavera na Europa, a que se seguirão os restantes mercados mundiais.

4

0 829

Um estudo encomendado pela Ford para o mercado europeu demonstrou que os modelos SUV são altamente desejados pela geração “Millennial” – grupo com idades compreendidas entre os 17 e os 34 anos – indicando que o “boom” deste género de modelos na Europa está pronto a acelerar, à medida que essa geração atinge a idade para a compra de veículos novos.

Mais do que outras faixas etárias, esta geração afirma que os SUV os fazem sentir-se poderosos quando conduzem, sendo o tipo de veículo em que querem ser vistos e que são mais desportivos e divertidos de conduzir do que outros tipos de automóveis.

A geração “Millennial” também é mais provável que considere importante que um automóvel é perfeito para um estilo de vida ativo, do que a média de consumidores, com metade deles acreditando que isso é melhor descrito por um SUV do que por outros tipos de veículos.

“A pesquisa destaca dois pontos importantes: o boom de SUV na Europa não é uma moda passageira e que os jovens não são tão ambivalentes sobre a posse de automóvel como alguns sugerem, especialmente quando se trata de SUV.

Os “Millennials” representam 24% da população adulta da Europa. A nova pesquisa mostra que 1 em cada 4 “Millennials” europeus, que pretendem adquirir um veículo no próximo ano, considera optar por um SUV.

A Audi vai revelar no Salão de Frankfurt, o e-tron quattro concept, um protótipo que serve de rampa de lançamento para um crossover 100% elétrico que se posicionará entre o Q5 e o Q7. Falamos de um futuro Q6 equipado exclusivamente com uma motorização elétrica e que chegará às estradas em 2018.

O e-tron quattro concept está equipado com baterias de iões de lítio, colocadas entre os eixos, e o sistema de propulsão é constituído por três blocos elétricos (um no eixo dianteiro e dois no eixo traseiro), que lhe garante tração integral. A marca alemã anuncia uma autonomia que ultrapassa os 500 km.

audi-q6_2audi-q6_3

0 913

Com chegada prevista para Outubro, o novo BMW X1 já se encontra disponível para encomenda, com preços a partir dos 34.950 euros para a versão sDrive16d de tração dianteira.

A oferta Diesel inclui também o sDrive 18d (41.200 euros), com motor 2.0 litros com 150 cv e 330 Nm de binário, xDrive 20d (48.500 euros), com 190 cv e 400 Nm e o xDrive 25d (51.350 euros), com 231 cv e 450 Nm. As opções a gasolina incluem uma versão de tração dianteira sDrive 20i, com um motor 2.0 litros de 192 cv e o xDrive 25i com 231 cv e 350 Nm, com preços a partir de 42.990 e 53.200 euros, respetivamente.

A segunda geração do X1 surge com a imagem dinâmica característica da marca germânica e um habitáculo mais espaçoso, que promete uma versatilidade única, vindo equipado de série com uma extensa lista de equipamento, de que fazem parte o ajuste dos bancos traseiros, aviso de colisão, encosto dos bancos traseiros rebatíveis com divisão 40:20:40, Servotronic, volante multifunções em pele, jantes de liga leve de 17 polegadas, Performance Control, apoio de braços à frente, pack de arrumação, sensor de chuva e controlo automático de luzes de condução, ar condicionado, desativação do airbag do passageiro frontal, eCall inteligente, faróis de nevoeiro, rádio com ecrã a cores de 6.5 polegadas com Bluetooth + USB e BMW Service Inclusive – 5 anos/100.000km que abrange a manutenção programada do veículo.

Preços do novo BMW X1:
X1 sDrive20i: 42.990 euros
X1 xDrive20i: 46.000 euros
X1 xDrive25i: 53.200 euros
X1 sDrive16d: 34.950 euros
X1 sDrive18d: 41.200 euros
X1 xDrive20d: 48.500 euros
X1 xDrive25d: 51.350 euros

bmw-x1bmw-x1_2bmw-x1_3bmw-x1_4bmw-x1_5bmw-x1_6bmw-x1_7bmw-x1_8bmw-x1_9bmw-x1_10bmw-x1_11

Com estreia marcada para o Salão de Frankfurt, já no próximo mês, a Jaguar revelou imagens do crossover F-Pace a ser testado ao limite em alguns dos ambientes mais hostis do planeta.

Desde o calor abrasador e pó do Dubai onde a temperatura ambiente pode superar 50º C à sombra, ao gelo e neve do norte da Suécia, onde as temperaturas médias raramente ficam acima dos -15º C e frequentemente descem até aos -40º C, o F-Pace foi posto à prova em pistas com subidas de montanha, pendentes extremas, retas de aderência reduzida e zonas fora de estrada, ideais para optimizar a calibração do novo sistema de tracção 4×4 (AWD), Controlo Dinâmico de Estabilidade e o sistema All-Surface Progress.

Desta forma, o trabalho realizado em Arjeplog, no norte de Suécia assegura que, tanto no asfalto como em neve ou gelo, o crossover britânico irá proporcionar a sensibilidade de direção e agilidade fundamentais para o ADN que distingue a dinâmica da Jaguar. Simultaneamente, no Dubai, os engenheiros de teste desfrutaram do sistema de ar condicionado, conduzindo no trânsito da cidade, como parte do ciclo extremo para colocar à prova também os sistemas de refrigeração sob uma elevada carga de trabalho, através de uma combinação de altas temperaturas ambientes e fluxo de ar reduzido.

O novo Jaguar F-Pace foi testado também em estradas e trilhos de montanha com piso de gravilha. Esta foi a primeira vez que um programa de testes da Jaguar incluiu este cenário único e desafiante, e é precisamente esta atenção ao detalhe que irá ajudar o primeiro crossover desportivo da Jaguar a tornar-se no novo ponto de referência do seu segmento.

jaguar_f-pace_2jaguar_f-pace_3jaguar_f-pace_4

0 956

A Ford anunciou que já está disponível para encomenda o melhorado SUV Ford EcoSport oferecendo atualizações ao nível do estilo, dinâmica de condução e novo equipamento para melhor conforto e conveniência.

Os clientes podem a partir de agora e pela primeira vez encomendar o SUV compacto EcoSport sem a roda suplente montada na traseira. Subtis e elegantes alterações de estilo ao nível dos interiores passam a incluir estofos parcialmente em couro nas versões Titanium, um volante de novo design e aplicações cromadas adicionais.

O conforto e a conveniência foram igualmente melhorados com a disponibilização de um ‘Pack Winter’ composto por pára-brisas, retrovisores e assentos dianteiros aquecidos. A dinâmica de condução do EcoSport foi também melhorada com uma alteração ao nível das molas, amortecedores, barra de torsão traseira, Programa Electrónico de Estabilidade e Direcção Assistida Eléctrica.

suv_ford-ecosport-3

Os preços para o renovado EcoSport disponível com o motor a gasolina 1.0 EcoBoost ou com o diesel 1.5 TDCi, começam nos 17.200 euros.

As versões do Ford EcoSport especificadas sem a roda sobresselente montada na parte traseira vêm equipadas de série com um kit de mobilidade para pneus, e o portão traseiro nesses veículos também foi revisto, tendo agora uma abertura parcial para permitir o acesso mais fácil à bagageira.

No interior, os novos estofos parcialmente em couro de série nas versões Titanium, apresentam materiais de elevada qualidade. Estão também disponíveis os vidros escurecidos para todos os níveis de equipamento, e o Pack Winter adiciona ainda o sistema de ventilação ao nível do piso para aumentar o nível de conforto dos passageiros traseiros em tempo frio.

O redesenhado interior apresenta agora um ar mais contemporâneo com um volante de novo design e mais ergonómico, com menos botões, igual ao que está presente no novo Ford Focus. Foi também introduzido a parte inferior do painel de instrumentos, consola central e apoios de braços nas portas em preto e passa a dispor de regulação da iluminação do painel de instrumentos e contornos em cromado semelhante ao dos interruptores dos vidros eléctricos.

suv_ford-ecosport-2

O EcoSport está equipado com o Sistema de conectividade Ford SYNC controlado por voz e ecrã de 4 polegadas a cores na consola central. A colocação do travão de mão em todas as versões do renovado EcoSport foi optimizada para tornar mais simples a sua utilização.

Os níveis de ruído, vibração e aspereza foram também reduzidos graças à utilização de materiais de insonorização mais espessos nas portas e painel de instrumentos, bem como isolamentos mais apertados em redor dos pedais, para um ambiente interior mais refinado e silencioso durante as viagens. A combinação entre o motor e a caixa de velocidades foi revista para proporcionar mais binário a baixa velocidade e melhor condução.

Uma barra de torção traseira mais resistente oferece maior controlo no rolamento da carroçaria e as molas e amortecedores revistos melhoram o amortecimento. O centro de gravidade do EcoSport foi rebaixado em 10 mm para uma maneabilidade superior e os sistemas de Controlo Electrónico de Estabilidade e direcção assistida eléctrica foram igualmente e especificamente afinados para a condução nas estradas europeias.

O motor 1.5 TDCi oferece agora 95 cv, e consumos de 4.4 l/100 km com emissões de 115 g/km de CO2. O 1.0 EcoBoost de 125 cv regista consumos de 5.4 l/100 km e emissões de 125 g/km de CO2.

0 531

A Volvo revelou as primeiras imagens do interior do novo XC90, que deverá começar a ser produzido em Torslanda, na Suécia, no início de 2015.

Este será o primeiro modelo desenvolvido com base na nova plataforma modular “Scalable Product Architecture” e conta com uma configuração para sete lugares, em que a terceira fila de bancos pode receber passageiros até 1,70 metros de altura, dispondo cada ocupante de uma zona para arrumação individual.

Segundo a marca sueca, este será também o modelo da Volvo com o interior mais luxuoso de sempre, conforme comprovam as imagens divulgadas. À primeira vista, sobressai a substituição de muitos dos botões por um ecrã tátil de grandes dimensões, assim como as aplicações em pele aveludada, madeira com acabamentos manuais e alumínio.

O punho da alavanca da caixa de velocidades é em cristal da Orrefos (um famoso fabricante sueco), e os botões de regulação do volume e Start/Stop numa superfície com padrão diamante. Há ainda quatro saídas de climatização, com regulações individuais para os ocupantes da frente e da segunda fila, o sistema Apple CarPlay e a tecnologia de reconhecimento de voz.

volvo-xc90_2volvo-xc90_3volvo-xc90_4volvo-xc90_5volvo-xc90_6volvo-xc90_7volvo-xc90_8

ARTIGOS ALEATORIOS

0 447
A Renault associou-se à Qualcomm Technologies e à Vedecom num projeto de carregamento dinâmico de veículos elétricos, que permite carregar 20 kW a uma...