Timber by EMSIEN-3 LTD
Tags Posts tagged with "Volkswagen"

Volkswagen

0 780
Volkswagen, Fraude

As vendas da Volkswagen caíram 24,7% nos Estados Unidos, no passado mês de novembro, situação que não foi seguida pelo nosso país.

A fraude denunciada a 18 de setembro não teve impacto por cá, sendo a Volkswagen a terceira marca mais vendida em Portugal, seguindo-se à líder Renault e à Peugeot. O mês de novembro foi até melhor do que igual período de 2014. Os dados revelados pela ACAP (Associação Automóvel de Portugal) revelam que o grupo conseguiu uma subida de 8,8%, na venda de automóveis ligeiros (de passageiros e mercadorias), passando de 1.414 para 1.539 veículos.

Esta subida insere-se num panorama em que a venda de automóveis, em Portugal, tem oscilado. No primeiro semestre do ano as vendas cresceram 31,1% mas a partir de julho assistiu-me a uma quebra. Em outubro cresceu apenas 16% e em novembro 14,8%.

Nos EUA, a quebra de vendas – venderam-se 31725 veículos, em novembro de 2014 e apenas 23882 em igual período deste ano, já levou a Volkswagen a reagir referindo que a quebra se deveu ao congelamento da venda de alguns modelos equipados com motores que, segundo as autoridades norte-americanas permitiu falsificar os testes às emissões poluentes.

Apesar da empresa já ter conseguido recolher 8,5 milhões de carros com o kit fraudulento das emissões poluentes, na Europa, as negociações nos Estados Unidos ainda decorrem.

Os EUA continuam a oferecer um desconto nas versões a gasolina mas ainda não conseguiram fazer face à perda da quota dos veículos a diesel, sendo que a venda destes foi mesmo cancelada.
A General Motors e a Toyota ganham terreno neste país, tendo a primeira aumentado as suas vendas em 2% e a segunda 12,4% no mês passado.

O grupo Volkswagen pediu já ontem um financiamento de 20 mil milhões de euros a 13 bancos para fazer face às consequências do maior escândalo de sempre no mundo automóvel.

Segundo o grupo Volkswagen o impacto financeiro perfaz mais de 8,7 mil milhões de euros.
A instalação de um dispositivo fraudulento, que deturpava os testes antipoluição, em 11 milhões de veículos de várias marcas é um escândalo que não se reflete apenas na quebra de vendas nos EUA. Na Alemanha também se verificou uma descida ainda que muito inferior (descida de 2%).

A Volkswagen, fundada em 1937, principal fabricante de automóveis e considerada a melhor marca do mundo terá certamente um longo caminho a percorrer para conseguir reerguer-se desta fraude.

A Volkswagen apresentou no Salão de Frankfurt, a versão de produção do Golf GTI Clubsport.

Esta versão, que serve para assinalar os 40 anos do Golf GTi, conta com o mesmo motor 2.0 TSI do Golf GTI «normal», embora aqui a debitar 265 cv, que podem chegar aos 290 cv em overboost, por um período limitado a 10 segundos. Associado a uma caixa de dupla embraiagem DSG de seis relações, o Golf GTI Clubsport demora apenas 5.9 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h, ou 6.0 segundos se preferir uma caixa manual, e consegue atingir uma velocidade máxima de 250 km/h (249 km/h com caixa DSG). O consumo médio anunciado é de 6,7 l/100 km e as emissões de CO2 de 155 g/km com caixa DSG e 6,9 l/100 km e emissões de CO2 de 160 g/km com caixa manual.

Esteticamente, distingue-se pelos para-choques mais agressivos, saias laterais, difusor traseiro, faróis LED escurecidos e jantes de liga leve de 18 polegadas (em opção de 19 polegadas). Existe ainda um logótipo preto alusivo ao GTI de 1976, com a inscrição Clubsport.

volkswagen-golf-gti_clubsport_2volkswagen-golf-gti_clubsport_3

0 813

A Volkswagen confirmou o lançamento de uma marca de “baixo custo” para 2018, assumindo o objetivo de ter uma proposta para competir nos mercados emergentes.

Ainda sem nome definido, a nova marca de “baixo custo" será lançada inicialmente na China e, posteriormente, na América Latina, na Índia, em África e na Europa do Leste, estando, para já, fora dos planos a chegada à Europa Ocidental.

“Vamos introduzir uma gama de modelos de baixo custo em 2018”, afirmou o presidente da Volkswagen, Martin Winterkorn.

Na China, onde serão fabricados os veículos, o projeto é conhecido como LoVW-Cost e prevê-se que os modelos custem entre 8.000 e 11.000 euros. 

0 679

A Volkswagen vai reforçar a partir Julho, o Tiguan, com motorizações melhoradas, que permitirão um desempenho superior e melhores consumos, e um renovado sistema de «infotainment».

O pequeno SUV da Volkswagen, passa a contar com o novo bloco 2.0 TDI de 150 cv (mais 10 cv do que antes), garantindo uma média de consumo de 5,0 l/100 km e apenas 130 g/km de emissões de CO2. A versão mais potente do mesmo bloco, anteriormente com 170 cv, passa a dispor de 177 cv, anunciando consumos de 5,7 l/100 km e 150 g/km de emissões de CO2.

O Tiguan recebe também um novo sistema de «infotainment» modular. Assim, os anteriores rádios são substituídos pelas opções Composition Colour e Composition Media (com ecrã tátil a cores, oito altifalantes e novas opções de conetividade).

0 714

O Instituto de Socorros a Náufragos (ISN) recebeu, na semana passada, 28 pick-ups Volkswagen Amarok destinadas ao patrulhamento das praias não vigiadas da costa portuguesa.

Este é o 5º ano consecutivo em que os Volkswagen Amarok asseguram o patrulhamento das praias no projecto “Sea Watch”, sendo esta continuidade o resultado da excelente colaboração entre a SIVA e o Instituto de Socorros a Náufragos.

Na cerimónia de entrega dos Volkswagen Amarok para a época balnear de 2015, que decorreu na Praia de Ribeira D`Ilhas na Ericeira, estiveram presentes o Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar-Branco, o Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Dr. Hélder António de Sousa e Silva, a Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, Dra. Berta Cabral, o Chefe da Autoridade Marítima Nacional, Almirante Luís Macieira Fragoso, bem como o Administrador da SIVA, Dr. Fernando Monteiro.

Os operacionais que irão trabalhar com as viaturas na Autoridade Marítima Nacional, pertencem ao Corpo de Fuzileiros da Marinha e estão, como o Volkswagen Amarok, aptos para os desafios mais difíceis. Para que a época balnear decorra mais uma vez de forma segura e os utilizadores tirem todo o proveito das capacidades dos Volkswagen Amarok, decorreu antes da entrega das viaturas uma formação detalhada sobre as características das mesmas e a sua missão no projecto “Sea Watch”.

Para além da cedência das pick-ups Volkswagen Amarok devidamente transformadas e preparadas para as ações de vigia e salvamento, a SIVA mobiliza importantes meios no sentido de promover esta iniciativa, num investimento total que ultrapassa este ano os 350.000 euros.

Em 2014 o projecto “Sea Watch” com as pick-up Volkswagen Amarok, possibilitou o salvamento de 127 veraneantes, efetuando 426 assistências de primeiros socorros e 71 buscas com sucesso de crianças perdidas. Assim, a SIVA e a Volkswagen reafirmam a sua missão no âmbito da responsabilidade social, contribuindo de forma determinante para o reforço da segurança nas praias portuguesas, em conjunto com o Instituto de Socorros a Náufragos, sendo que a sua sinistralidade é das mais baixas do mundo.

0 549

A nova geração do familiar Volkswagen Jetta, já está disponível no mercado nacional, com novas linhas, novos equipamentos e novas motorizações.

Esteticamente, o novo Jetta conta com novas secções dianteira e traseira com aerodinâmica melhorada, novos conjuntos ópticos,com faróis bi-xénon com iluminação em curva e sistema de iluminação diurna em LED. No interior, destaca-se a excelente habitabilidade, a nova instrumentação com visual mais desportivo e ecrã multifunções no centro do painel, consola central redesenhada, novos bancos e novos acabamentos.

O modelo é proposto em três diferentes níveis de equipamento – Trendline, Confortline e Highline, e vem equipado com duas motorizações baseadas no bloco de quatro cilindros 2.0 TDI com potências de 110 e 150 cv. O primeiro, está associado a uma caixa manual de 5 velocidades, ou em opção uma DSG de 7 velocidades, e apresenta um consumo médio de 4,0 l/km e emissões de CO2 de 105 g/km. É proposto a partir de 26.854 euros. A variante mais musculada dispõe de uma caixa de 6 velocidades manual, e tem como opção a DSG de 6 velocidades, sendo proposto desde 32.542 euros.

volkswagen-jetta-2volkswagen-jetta-3volkswagen-jetta-4volkswagen-jetta-5

0 581
Sebastien Ogier vence Rali do México

O piloto francês Sebastien Ogier (Volkswagen Polo R), venceu, este Domingo, o Rali do México, terceira prova do Mundial de Ralis.

O bicampeão do mundo, venceu nove especiais, contra três de Mads Ostberg (Citroen DS3) e três também do belga Thierry Neuville (Hyundai i20), concluindo o rali mexicano em 4:19.13 horas. O norueguês Mads Ostberg (Citroen DS3) ficou a 1m18,8s, e o seu companheiro de equipa Andreas Mikkelsen (Volkswagen Polo-R), ocupou o terceiro lugar do pódio, a 1m25,1s. Elfyn Evans (Ford Fiesta WRC) foi quarto, na frente do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20) e de Martin Prokop (Ford Fiesta WRC).

A próxima prova do calendário é o Rali da Argentina, de 24 a 26 de Abril.

A Volkswagen estreou no Salão de Detroit, nos EUA, o Cross Coupé GTE Concept, um protótipo próximo da produção que pretende combinar a engenharia alemã com o estilo de vida americano, e antecipa as linhas de um futuro modelo SUV de sete lugares que no final de 2016 entrará em produção na fábrica de Chattanooga, no Tennessee (EUA).

Desenvolvido a partir da plataforma modular MQB e com uma estética que vai de encontro aos desejos do mercado americano, este protótipo possui 4,85 metros de comprimento, 1,73 m de altura e 2,03 m de largura. Conta com uma secção dianteira agressiva, com grelha em alumínio e faróis LED. As linhas desportivas são sublinhadas pelo para-lamas musculado, pelos detalhes em preto cromado, jantes em alumínio de 22 polegadas e spoiler traseiro. O interior de cinco lugares tem bancos em pele, aplicações em preto brilhante e alumínio. O painel de instrumentos é totalmente digital, destacando-se um ecrã tátil de 10,1 polegadas que permite controlar o sistema de «infotainment».

O Cross Coupé GTE vem equipado com um sistema híbrido plug-in que combina um motor a gasolina TFSI V6 3.6 litros com uma potência de 280 cv e 350 Nm de binário, e de dois blocos elétricos, responsáveis pelo débito de 54 cv e 220 Nm (eixo dianteiro) e de 116 cv e 270 Nm (eixo traseiro). A potência total deste modelo são os 360 cv e 379 Nm, conseguindo acelerar de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos e para atingir uma velocidade máxima de 209 km/h.

Funciona com cinco modos de gestão da potência do motor: Battery Hold/ Battery Charge, Offroad, GTE, Hybrid e E-Mode. O SUV tem ainda diferentes perfis de condução que alteram o comportamento do carro: Onroad (escolha entre Eco e Comfort), Offroad (opção entre Rocks, Sludge&Sand e Gravel), Sport e Snow. Tem autonomia para circular até um máximo de 32 km em modo elétrico.

Veja aqui o vídeo de apresentação e a galeria de imagens do novo protótipo SUV da Volkswagen:

volkswagen-cross-coupe-gte-concept-2volkswagen-cross-coupe-gte-concept-3volkswagen-cross-coupe-gte-concept-4volkswagen-cross-coupe-gte-concept-5volkswagen-cross-coupe-gte-concept-6volkswagen-cross-coupe-gte-concept-7volkswagen-cross-coupe-gte-concept-8volkswagen-cross-coupe-gte-concept-9

ARTIGOS ALEATORIOS

0 444
A Renault associou-se à Qualcomm Technologies e à Vedecom num projeto de carregamento dinâmico de veículos elétricos, que permite carregar 20 kW a uma...